Bálsamo De Gileade

Vinde e tornemos ao Senhor, porque ele despedaçou, e nos sarará; feriu, e nos atará a ferida.

   

Jeremias perguntou: “Não há nenhum bálsamo em Gileade?” Em algumas passagens bíblicas entende-se que no Oriente Médio antigo o bálsamo de Gileade era muito valorizado por suas propriedades curativas especiais.

 

Israel vivia um período onde a cidade estava morta espiritualmente, o profeta Isaías descreveu em seu primeiro capítulo “… Desde a sola do pé até a cabeça não há nele nenhum ponto são. Ferimentos e contusões, e vergões novos – não foram espremidos nem pensados [tratados].” O povo não reconhecia seu estado deplorável e nem procurava cura espiritual, eles continuavam em desobediência. Jeremias se lamentava, “Rejeitaram a própria palavra de Deus, e que sabedoria é que eles têm?” Se o povo de Israel tivesse procurado a Deus, Ele os teria restaurado. “Não há nenhum bálsamo em Gileade?” 

 

Fazendo uma analogia, muitas pessoas passam por momentos semelhantes ao de Israel naquela época. Momentos da vida em que estão longe de Deus ao ponto de estarem cegos e não enxergarem o seu amor e o seu cuidado para aqueles que são seus filhos. Israel era chamado povo escolhido de Deus, e mesmo assim viraram as costas, optaram pela desobediência, deixando para trás toda a sorte de bênçãos que o Senhor tinha para eles. “Quem dera que eles tivessem tal coração, que me temessem e guardassem em todo o tempo todos os meus mandamentos, para que bem lhes fosse a eles, e os seus filhos, para sempre!” (Dt 5:29)

 

Através do sacrifício feito por Jesus Cristo em nosso favor, somos libertos da maldição e da escravidão do pecado. Como Isaías 61:1-3 descreve, o Messias veio ao mundo para libertar das cadeias e curar as almas dos que a Ele se submetem.

 

Deus, através de Jesus, trata as nossas feridas. O lamento por aquela cidade foi demonstrado com uma pergunta “Porventura não há bálsamo  em Gileade? Ou não se acha lá médico? Por que, pois, não se realizou a cura da filha do meu povo?” (Jr 8:22). O médico de Gileade é Jesus Cristo e o bálsamo, o seu sangue. A promessa se estende a todos os filhos salvos em Cristo Jesus que creem em seu sacrifício.

 

Assim como Deus restaurou Israel em um quadro que parecia impossível aos olhos dos homens, Ele também restaura e refaz nossas vidas e nossas feridas. Porque Deus é bom, e o Seu amor e a Sua misericórdia duram para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.