Compartilhai O Evangelho Ao Mundo

Neste domingo(21/02/2016), lá na igreja, ouvi uma pregação que mexeu muito comigo. O pastor disse assim:

“Quando conseguimos uma promoção, a primeira coisa que fazemos é compartilhar com todo mundo; quando passamos no vestibular, falamos para todo mundo; quando descobrimos que vamos ter um filho, dizemos a todo mundo. Isso acontece porque a alegria só é completa quando compartilhada. Então, por que não dizemos a todos que Cristo nos deu o maior presente do mundo?” Jonatas Cunha

Juntamente com a salvação, Deus nos deu uma grande responsabilidade. Nos deixou aquele tão conhecido mandamento, que mencionamos sempre aqui no blog:

“Ide por todo o mundo, pregar o evangelho a toda criatura”(Marcos 16:15)

Ele nos manda ir, não é uma opção. Devemos falar aos outros sobre quem Cristo é e o que Ele fez.

Às vezes, percebo que não sinto mais aquela chama do primeiro amor ardendo em mim, sinto como se ela estivesse abafada, precisando de oxigênio, mas sempre que sinto isso é porque estou distante do Pai. O nosso oxigênio é Deus. Devemos buscar mais a Deus para conhecermos mais à Ele, pra que Ele se revele mais à nós. Devemos buscar mais à Deus para que transbordemos dEle, nosso coração deve estar cheio dEle.

“Porque a boca fala do que está cheio o coração”(Mateus 12:34)

Somente o fato de não irmos arder no mármore do inferno quando morrermos já é uma notícia e tanto, não é mesmo? Uma notícia que precisa ser compartilhada com o mundo, por isso estou compartilhando com vocês: O FILHO ME LIBERTOU! SOU REALMENTE LIVRE! (Uma música que amo e que expressa bem nossa situação.)

Muitas pessoas querem viver um amor de contos de fadas, querem ter alguém que se sacrifique por elas, que as salvem de um grande e feroz dragão, de uma maldição ou de uma bruxa má. Por que essas pessoas não percebem que estão vivendo esse amor? Jesus deixou toda a sua glória, se fez carne como nós e habitou entre a gente. Ele morreu a pior morte imaginável somente pra que a gente pudesse viver a vida dEle, morreu por amor, se sacrificou por cada um de nós. Ele nos livrou do pior dragão existente: o pecado; nos livrou da pior maldição: a morte eterna; nos livrou da pior bruxa má: o Diabo.

Agora, alguém pode me explicar como não ser grata à esse Deus? Alguém pode me fazer entender como não querer viver de acordo com a vontade dEle? Alguém pode me dizer como vou viver pecando contra esse Homem que lutou com a morte e VENCEU por amor a mim? Como eu poderia sequer não amar ao meu próximo por quem Ele também morreu?

Algo que eu peço continuamente ao Senhor é que Ele não me deixe esquecer o que realmente importa nesse mundo. Não quero viver uma vida sem sentido aqui. Não quero viver correndo atrás do vento, correndo atrás de coisas que podem escapar pelos meus dedos. Não quero ser como o néscio que construiu sua casa sobre a areia. Não quero juntar tesouros que a traça e a ferrugem corroem. Quero viver uma vida de santidade, uma vida de gratidão ao meu Pai. Quero viver uma vida que agrade a Ele. Quero que cada dia seja pra louvar ao Senhor. Quero que minha vida tenha um aroma suave para Ele.

Não sou pretensiosa a ponto de achar que terei uma vida perfeita. Sei que os pecados virão, eu cairei, mas também sei que Deus estará pronto para me perdoar se eu me achegar a Ele com o coração sincero e contrito.
O meu desejo é que cada um aqui, ao terminar de ler este post, pense em todas as benção que foram concedidas a vocês em 2015. Pense também nas conquistas que já foram alcançadas nestes 2 meses de 2016, pense e agradeça. Se coloque diante do Senhor e peça que Ele esteja colocando dia a dia no coração de vocês o desejo de buscá-lo. E busque-O!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.