Qual Voz Você Está Ouvindo?

Durante nossa vida temos que tomar decisões importantes, optar por caminhos e outras situações que influenciarão o nosso futuro. “Nossa vida é feita de escolhas”, sim. Precisamos nos posicionar e optar para colhermos lá na frente, mas a resposta para essas escolhas estão vindo do seu coração ou do coração de Deus? Para sabermos a resposta certa precisamos estar totalmente ligados em Deus e no centro da Sua vontade.

Um grande exemplo disso era do povo de Israel enquanto passavam pelo deserto. Viram sinais de Deus em várias situações durante a caminhada, mas em determinados momentos estavam largando o Senhor por coisas vãs, colocando outras coisas no lugar de Deus e adorando, mesmo indo contra a Sua lei e a Sua vontade. Quantas vezes nós já fizemos isso?

Em uma situação onde o povo não sabia o que fazer, Deus chama Moisés e diz que quer falar diretamente com o povo e se manifesta em um monte, em Exodo 20:18 e 19 diz E todo o povo viu os trovões e os relâmpagos, e o sonido da buzina, e o monte fumegando; e o povo, vendo isso retirou-se e pôs-se de longe”. E disseram a Moisés: Fala tu conosco, e ouviremos: e não fale Deus conosco, para que não morramos.” O grande problema daquele povo, era que se recusavam a ouvir a voz do Senhor.

 

Colocamos as escolhas do nosso coração no lugar daquilo que o Senhor escolheu para nós, muitas vezes assim como o povo no deserto temos medo de ouvir Deus e o que Ele quer porque vai de encontro ao que queremos, de encontro ao nosso coração “desesperadamente corrupto” (Jeremias 17:9). Tentamos nos convencer de que estamos fazendo o certo, tapamos nossos ouvidos para aquela voz suave do Espírito Santo que nos orienta. Criamos argumentos, usamos pretextos e colocamos sobre Deus, sobre a vontade Dele para nossas vidas.

 

O rei Saul construiu um reinado baseado em desobediências que o levou a um final trágico. Tudo começou por uma atitude errada, por querer se convencer de que estava agradando a Deus, mas no seu coração tinha a consciência de que não era o certo a se fazer, pois sabia a verdade. “Então disse Saul: Trazei-me aqui um holocausto, e ofertas pacíficas. E ofereceu o holocausto. E sucedeu que, acabando ele de oferecer o holocausto, eis que Samuel chegou;… Então disse Samuel a Saul: procedeste nesciamente em não guardar o mandamento que o Senhor, teu Deus, te ordenou; pois teria, agora, o Senhor confirmado o teu reino sobre Israel para sempre. Já não subsistirá o teu reino” (1 Samuel 13: 9 e 10; 13 e 14). Saul não obedeceu, não esperou o profeta Samuel chegar, ele mesmo, pressionado pelos soldados, ofereceu o sacrifício. Ele usurpou a autoridade do profeta e desobedeceu as ordens de Deus.

Estamos fazendo as escolhas baseadas naquilo que agrada a Deus, ou naquilo que agrada o nosso coração? Devemos escutar a Sua voz. “…Aquieta minh’alma, faz meu coração ouvir Tua voz…”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.