Não Acredite Nessa Mentira!

Acredite em mim, amigo leitor, nós temos um grande inimigo. Ele nos ronda a todo o momento procurando brechas em nossas vidas para nos jogar no chão, nos trazer culpa e nos fazer acreditar que os nossos pecados são imperdoáveis.

O inimigo de nossas almas nos atrai com aquilo que a nossa carne deseja. Ele é tão sujo. E se não estivermos agarrados em Cristo, iremos cair; e duas coisas podem acontecer, ou nos achegamos a Deus, ou nos escondemos de sua presença, incrédulos, enganados e envergonhados.

Não se deixe enganar pelas mentiras que o diabo conta, não é a toa que ele chamado de “pai da mentira” (João 8:44). Nada pode mudar a verdade de que o sangue de Cristo cobre multidão de pecados … os meus e os seus!

Os nossos pecados e fraquezas devem nos conduzir diretamente ao Pai, o único que pode cuidar de nós, curar nossas feridas, perdoar nossos erros, nos lavar e purificar de toda e qualquer sujeira do pecado. A Bíblia nos diz que se nos achegarmos a Deus, Ele se achegará a nós (Tiago 4:8), e essa é uma verdade que devemos gravar em nossos corações.

Por várias vezes eu já me senti tão suja e distante de Deus, que achei que não havia perdão pra mim, eu acreditava na mentira de que meu pecado era horrível demais para que Cristo pudesse me perdoar. Eu não conseguia nem orar. Mas hoje eu vejo isso como falta de conhecimento do Pai, daquilo que Ele é, e do que fez por mim, e agora eu posso ter a convicção de que posso clamar ao Pai sem medo e incertezas.

“… carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para justiça; por suas chagas, fostes sarados” (1 Pe 2:24).

Quando nós entendemos a vida, a morte, o sacrifício e o sangue de Cristo, TUDO MUDA! Compreender isso transforma a forma como devemos nos enxergar e como devemos tratar o pecado, pois sabemos que somos povo de Deus, parte de sua família e que o pecado já não tem domínio sobre nossas vidas. Em Jesus somos livres!

Nós temos o acesso a Deus que o mundo não tem. Ele nos ouve e é fiel para nos dar o perdão que não merecemos, mas que Cristo nos garantiu, por isso não deve haver incredulidade em nosso coração, mas a confiança de que temos um Deus fiel que nos diz que se de fato nos arrependermos de nossos pecados, Ele nos perdoa.

“Se confessarmos nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1:9).

Ele está de braços abertos à mim e a você. O Senhor está pronto a derramar sobre nossas vidas seu perdão e sua graça, a nos libertar e a nos amar com seu perfeito amor, seu amor de Pai.

 

 

Pois nas vezes em que tropeço
Tenho em Ti o que mais peço
Perdão e misericórdia me alcançam
E lançam pra bem longe de mim a acusação…

Se confesso meus pecados
Sou, por Deus, justificado
Deixo a culpa sobre a cruz
Sou liberto por Jesus”.

(Paulo César Baruk – Perdão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.