Soldado Vitorioso

Em II Timóteo 2.1-4 Paulo dá a Timóteo um “manual” de como ser um soldado vitorioso.

1º Passo: Preparação Constante.

“Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus”
A força de um soldado da fé vem de Jesus. Paulo fala que nós, soldados, devemos nos fortificar na graça que está em Cristo (v 1), ele não diz para procurarmos outros meios de força, o Senhor é a nossa única fonte da força que precisamos. Devemos estar sempre prontos, sempre a postos, pois não sabemos quando Jesus voltará. Mas, e se Ele voltasse agora? Nesse momento? Estaríamos prontos para o Julgamento? Teríamos algo para oferecer a Deus? Ou estaríamos de mãos vazias? Nossa vida estaria em ordem? O que fizemos com o tempo que Deus nos deu? Gastamos todo ele só em frente à televisão? Computador? Gastamos tudo com Netflix? WhatsApp? Ou fizemos algo que realmente valeu a pena? Gastamos tempo em oração? Em leitura da Palavra?

2º Passo: Disseminar o Evangelho de Cristo.

“E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros”
Simão Pedro nos alerta que virão falsos mestres (2 Pedro 2.1), ele nos avisa para que estejamos preparados. E Paulo diz que devemos ouvir a Palavra e transmitir aos outros, para que eles também instruam a outros e outros (v 2). Devemos conhecer o Evangelho para que os falsos mestres não nos enganem. Devemos nos aprofundar na Palavra para termos profundidade na fé, uma fé forte que não pode ser abalada por ventos de doutrinas (Efésios 4.12-15).

3º Passo: Ter Capacidade de Suportar Aflição.

“Participa dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus”
Se desejamos ser soldados de Cristo, se queremos ser mais parecidos com Ele, devemos ter forças para suportar o que Ele suportou. Devemos ter forças para suportar os ataques do inimigo de nossas almas. Deus não disse que seria fácil segui-Lo, pelo contrário, vai ser bem mais difícil do que seguir o mundo. Ele disse que a porta que leva a vida é estreita e poucos passam por ela (Mateus 7.14), em compensação, a porta que leva à perdição é larga.

4º Passo: Concentração em Sua Missão.

“Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou”
Não podemos, DE MODO ALGUM, confundir os nossos desejos com os desejos de Deus. Temos essa tendência de pensar: “se estou com esse desejo no meu coração, é a vontade de Deus”; por favor, nunca esqueça do que irei falar agora (ou do que vocês vão ler agora): NOSSO CORAÇÃO É DESESPERADAMENTE CORRUPTO E ENGANOSO (Jeremias 17.9) ninguém é capaz de compreendê-lo. Não podemos nos envolver espiritualmente com o mundo, pertencemos a Deus e somente a Ele devemos dar graças. Nosso objetivo deve ser agradar a Deus, glorificar a Deus, honrar a Deus e somente isso (v 4).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.