Enquanto o amanhã não vem

 

“…O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. (Salmos 30:5) 

 

Você provavelmente sabe esse versículo de cór e, com certeza, também já leu em muitos lugares sobre ele, ou até mesmo aconselhou alguém com ele, mas eu ainda assim gostaria de compartilhar sobre ele nesse momento. Ao se tratar desse versículo é comum ouvirmos muito acerca da promessa da “alegria que vem pela manhã”, e não é errado, graças à Deus por isso, se Ele assim o diz é porque Ele assim irá cumprir! Mas, e quando parece que a manhã e sua alegria demoram a chegar? Quando parece que o sol não quer nascer e a madrugada se estende intensamente? Ou então, quando dias e mais dias se passam e ainda estamos vivendo a mesma madrugada desoladora, esperando quase sem esperanças pelo nascer do sol?

Às vezes parece que nosso sofrimento não tem fim, o dia que traz a alegria está tão distante que nem conseguimos enxergá-lo ou acreditar que ele um dia existirá, estamos tão envoltos em nossas dores que não conseguimos sonhar com a alegria. Acho que todos já tivemos momentos assim. Devemos acima de tudo crer que a promessa da alegria pela manhã irá se cumprir, mesmo que talvez apenas numa perspectiva celestial e eterna, mas ela vai se cumprir, saiba disso. Creia nisso.

 

Deus de promessas, Deus que não é homem pra mentir. Tudo pode passar, tudo pode mudar, mas Tua palavra vai se cumprir. 

 

Acontece que nós não podemos negar o fato de que a mesma promessa que nos traz a alegria pela manhã, também é a promessa do choro que pode durar uma noite inteira. O próprio Senhor Jesus nos alertou para o fato de que teremos aflições aqui (Jo 16.33), não é uma possibilidade, é uma certeza. Todos teremos noites de prantear, muito mais do que gostaríamos e muito mais longas do que imaginamos, mas é Cristo também quem diz que não devemos deixar isso nos abalar porque Ele é conosco!

Antes que você se desespere e recuse um evangelho que lhe promete dores e sofrimentos, eu queria lhe propor um olhar além, para que possamos enxergar o que de fato esse versículo tem para nos dizer. Sim, eu não posso negar exatamente aquilo que acabei de afirmar aqui, esse versículo nos diz que a alegria virá pela manhã, mas que para isso teremos noites de lágrimas, entretanto a principal promessa aqui, e eu gostaria que você realmente prestasse atenção nisso agora, é a promessa de um Deus presente. A promessa do choro que virá pela noite não é vazia em si, mas sim a promessa de um Deus ao nosso lado, nos sustentando, sem nunca nos abandonar. A promessa do grande Eu Sou que se compadece de nossas dores e está sempre pronto para nos ajudar, basta que busquemos Nele consolo e conforto. Não pense que por que noite se estendeu, Deus se esqueceu de você, nunca! Creia que mesmo em meio às suas lágrimas Ele estará contigo, porque essa é a Sua principal promessa aqui. Mesmo que em sua situação pareça ser impossível, mesmo que você não enxergue o sol ou seus olhos estejam turvos pelas lágrimas, saiba, a promessa de que o choro pode durar uma noite é também a promessa de que Deus estará conosco em meio à ela. Assim como Ele esteve presente junto com Daniel e seus amigos em uma noite de terrível sofrimento, Ele também estará do nosso lado em nossas madrugadas

 

 Posso até chorar, mas alegria vem de manhã. És Deus de perto e não de longe, nunca mudastes Tu és fiel! 

 

E esse é um tema que eu tenho refletido muito neste ano em minha vida, e queria transformar essa reflexão em um post há muito tempo, mas ainda não tinha sentado para escrever ele organizadamente. Então eu quero que você se lembre sempre disso: a certeza de nosso sofrimento não deve nos deixar tristes, mas deve nos lembrar que as noites de tormenta e lágrimas trazem consigo a promessa de um Deus presente. Creia e se agarre à isso com todas as forças e, quando em suas lutas você não conseguir ver nem mesmo o primeiro brilho do sol nascente, apenas creia que apesar de tudo Ele é fiel (2 Tm 2.13).

2 thoughts on “Enquanto o amanhã não vem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.