As teses de Satanás – Parte II

Se você ainda não leu a primeira parte desse texto, leia aqui.

A terceira tese é a de que Ninguém ama mais a Deus do que à própria pele

“Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor. Então, o Senhor disse a Satanás: ‘Donde vens?’ Respondeu Satanás ao Senhor e disse: ‘De rodear a terra e passear por ela’. Perguntou o Senhor a Satanás: ‘Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus  e que se desvia do mal. Ele conserva sua integridade, embora me incitasses contra ele, para o consumir sem causa’. Então Satanás respondeu ao Senhor: ‘Pele por pele, e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Estende porém a mão e toca-lhe nos ossos e na carne e verás se não blasfema contra ti na tua face’. Disse o Senhor a Satanás: ‘Eis que ele está em seu poder, mas poupa-lhe a vida’.” Jó 2:1-6

Mais uma vez Satanás faz insinuações contra o caráter de Jó. Para ele, na dor, ninguém consegue ser fiel ao Senhor. Com a permissão de Deus (e só assim Satanás pode tocar em qualquer coisa nessa terra, afinal, ele não é um “deus” caído, ele não tem os atributos da divindade) Satanás causa dor a Jó.

Jó então sofre por causa da doença, já não consegue comer e sua mulher até sugere que ele deve amaldiçoar a Deus e morrer.

O sofrimento é difícil. Pode produzir quebrantamento em alguns, mas endurecer o coração de outros. Jó estava quebrantado, sua mulher, endurecida. Ele responde: “Tu falas como uma louca. Por acaso receberemos de Deus apenas o bem e não também a desgraça? Em tudo isso Jó não pecou com os lábios.” Jó 2:10

Deus é melhor que suas dádivas, e Jó sabia disso, mas ainda assim, quando sofreu acusações de seus amigos, a tristeza lhe invadiu a alma e ele tentou se defender de cada acusação, mas isso só trouxe questionamentos ao seu coração, mesmo sem pecar contra o Senhor.

Nem sempre Deus explica as razões pelas quais sofremos, não vamos necessariamente descobrir por qual motivo isso ou aquilo aconteceu em nossas vidas. Quando Jó se dirige a Deus com seus “Por quês?”, ele não recebeu resposta às perguntas.

No momento em que Deus se dirige à Jó, Ele lhe faz setenta perguntas retóricas, onde expõe sua majestade e soberania. Jó não pôde colocar Deus contra a parede, ninguém pode.

Jó foi restaurado, não quando entendeu o motivo de sua dor, mas quando entendeu a soberania de Deus. Sua cura acontece quando ele deixa de se defender e passa a orar por seus amigos. E apesar de tudo, Jó permanece sem resposta para seus questionamentos.

“Tudo quanto Satanás intentou contra Jó, Deus reverteu. Satanás queria macular o caráter de Deus e afastar Jó de Deus. O que ele conseguiu foi apenas colocar Jó mais perto de Deus e deixar mais patente a majestade divina”.

Um dia, poderemos nos encontrar em uma situação de provação extrema. Quando tudo vai parecer já estar perdido, mas a Soberania de Deus não pode ser abalada pelo ataque de Satanás, nem nossa segurança em Deus pode ser estremecida por esse ataque. Afinal, todas as coisas cooperam para o nosso bem.

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. Romanos 8:28

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.