A Franja Que Deu Errado E O Cuidado De Deus

Há algumas semanas eu enfiei na minha cabeça que eu queria ter uma franja.

Busquei várias inspirações no pinterest. Pesquisei se o meu formato de rosto era ideal para ter ou não uma franja. Mas por que eu quis tanto isso? Bom, estava insatisfeita comigo mesma, queria mudar a qualquer custo. E o que isso causou? Muita ansiedade.

“Nooossa Paola, você não acha que está exagerando? Afinal às vezes é bom mudar né?” Sim, concordo, mas só é bom quando dá certo.

Eu disse “vou esperar tal dia e vou ao salão para resolver isso”. Ok, tudo certo. Só que não. Simplesmente, em uma tarde ensolarada, estava eu terminando de estudar, e de repente eu pensei “quer saber? Pra que salão? Vou cortar essa franja”. Levantei, peguei uma tesoura, fui pra frente do espelho, peguei um punhado de cabelos, medi na altura do queixo (até porque não sou besta né. Vai que dá errado. Se der, ainda dá pra esconder) e cortei. E não foi que deu errado?!

Eu até agora me pergunto o que deu na minha cabeça pra fazer isso. Na mesma hora que eu cortei, percebi que tinha feito besteira. Eu ri. E mais do que isso, senti Deus rindo do meu lado. É como se Ele dissesse: “tá vendo? Custava ter esperado um pouco pra ir com uma profissional?”.

Mas por que eu contei essa história toda?

Quando isso aconteceu o Senhor me ensinou algo. Primeiro, que eu não sou cabelereira. Segundo, que eu tenho que colocar todas, eu disse TODAS as minhas ansiedades e meus desejos aos pés dele. Não somente as coisas importantes, como profissão, relacionamentos e problemas, mas também o que é simples, corriqueiro e que pode passar despercebido ao mundo, mas não pra nós e nem para Ele.

Eu poderia ter esperado e ido ao salão para que a profissional tivesse feito o seu serviço. Mas não. Gente, eu estava tão ansiosa com isso, mas não percebia, até por que era só uma franja né? Mas parando para pensar, não fazia sentido todo esse meu desespero em querer ter o diacho da franja. Agora eu terei que esperar sabe lá quanto tempo para meu cabelo crescer de novo e voltar ao normal. Ainda bem que dá pra esconder, mas eu tenho o trabalho diário de disfarçar meu pequeno “problema”. É um lembrete temporário do que a minha falta de paciência pode causar.

No livro de Mateus, capítulo 6:25-34, Jesus nos adverte quanto a nossa ansiedade “por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida. Qual de vós pode acrescentar um côvado ao curso de sua vida?” Ele sabe do que está falando, sabe quanto que o ser humano é apressado e gosta de fazer tudo com as próprias forças e estar no controle das situações. Mas sabemos que não é assim que funciona.

Isso é muito simples. A Palavra de Deus é simples quanto a isso. O Senhor não quer que nos preocupemos com absolutamente nada e nem que fiquemos ansiosos. Quando tentamos nos meter, normalmente estragamos alguma coisa, e ao ficarmos preocupados faz Deus parecer mau, como se Ele não estivesse cuidando de nós, sendo que tudo está guardado e protegido em suas fortes mãos.

Nosso Pai quer nos livrar de nós mesmos, do que podemos causar quando deixamos nossa ansiedade e preocupação nos controlar. No meu simples caso, Ele permitiu que eu fizesse o que fiz, e depois eu praticamente pude ouvi-lo dizer: “Agora você terá que lidar com esse corte que deu errado. Se tivesse esperado em mim, se tivesse depositado toda essa ansiedade em mim, isso não teria acontecido. Eu sei como você gosta do seu cabelo, mas agora terá que esperar ainda mais pra aprender a ter paciência. Você foi responsável por isso, mas respire fundo, cabelo cresce”.

Desde esse incidente, eu tenho buscado observar Deus nas pequenas coisas, na simplicidade do dia a dia, e de colocar essas pequenas coisas em suas mãos. Acho que isso tem a ver com intimidade e relacionamento com Ele. E eu tenho me surpreendido. A gente passa a olhar o que está ao nosso redor com outros olhos, com o olhar dele, e os problemas tendem a ser suavizados. Desde o ultimo post que eu escrevi, Ele tem feito maravilhas em mim, e me sustentado de uma forma incrível e tão linda!

Deixe que o Senhor cuide de tudo. Não se apresse, tenha calma e paciência, as coisas acontecem no momento certo e da maneira correta. E mesmo que você faça algo errado, Ele estará presente pra cuidar de você, te erguer, te ensinar e dar coragem pra continuar. Aprenda a esperar nele, mesmo que o ônibus demore a chegar, o cabelo não cresça rápido, a doença não cure. Não tenha medo, Ele estará com você.

 

2 thoughts on “A Franja Que Deu Errado E O Cuidado De Deus

  1. Paola, acabei de cortar o cabelo e não gostei também kkkk..
    Mas hoje, eu fui cortar o cabelo por simplesmente querer da uma volta,´pois tinha tomado uma decisão antes de sair, que ainda não sei se é o certo. Quando eu estava cortando o cabelo, eu não toquei no assunto com o cabeleireiro, mas ele sem saber jogou uma ideia na conversa e acabou sendo indiretamente contrário a mim, e a gente foi conversando, eu já estava meio com a cabeça no vento por causa da decisão e esqueci de fazer as exigências do corte que sempre faço pra ele, por isso não gostei kkkkk… Ai chego agora e leio este texto, sobre ansiedade, sobre da um tempo nas coisas, acho que é melhor eu segurar o pagode então neh kkkk..
    Obrigado, foi bem útil. Parabéns pelo texto.
    bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.